sexta-feira, 31 de julho de 2015

Coisas d'alma


Faça o seu melhor



Não pense que espiritualidade está apenas em templos, igrejas e montanhas: ela está onde você está. A palavra espírito vem da nossa capacidade de inspirar e expirar. 
Se alguém me insulta e sou capaz de compreendê-lo, sem me deixar levar pela raiva, pela vingança ou pela tristeza, estou praticando a espiritualidade. O estresse, a pressa e o trânsito são ótimas oportunidades de prática espiritual.
Ao perceber a tensão, já me coloco em outro patamar: inicio um processo de autoconhecimento, percebo o que impulsiona e o que me retrai. A vida urbana nos dá ótimas oportunidades para aprimorar a paciência, a tolerância, o respeito à vida, a sabedoria e a compaixão. 
Todos os seres são conectados. 
Faça o seu melhor, respira profundamente e seja gentil.
(Monja Coen)

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Pensamentos daqui e dali



Tudo vai, tudo volta; eternamente gira a roda do ser.
Tudo morre, tudo refloresce, eternamente transcorre o ano do ser.
Tudo se desfaz, tudo é refeito; eternamente constrói-se a mesma casa do ser.
Tudo se separa, tudo volta a se encontrar;
eternamente fiel a si mesmo permanece o anel do ser.
Em cada instante começa o ser; em torno de todo o "aqui " rola a bola "acolá ".
O meio está em toda parte. Curvo é o caminho da eternidade.
(Nietzsche)

Contando um conto



Um homem tinha quatro filhos. Ele queria que seus filhos aprendessem a não julgar as coisas de modo apressado, por isso, ele mandou cada um viajar para observar uma pereira que estava plantada em um distante local.
O primeiro filho foi lá no Inverno, o segundo na Primavera, o terceiro no Verão e o quarto e mais jovem, no Outono.
Quando todos eles retornaram, ele os reuniu e pediu que cada um descrevesse o que tinham visto.
O primeiro filho disse que a árvore era feia, torta e retorcida.
O segundo filho disse que ela era recoberta de botões verdes e cheia de promessas.
O terceiro filho discordou. Disse que ela estava coberta de flores, que tinham um cheiro tão doce e eram tão bonitas, que ele arriscaria dizer que eram a coisa mais graciosa que ele tinha visto.
O último filho discordou de todos eles; ele disse que a árvore estava carregada e arqueada, cheia de frutas, vida e promessas…
O homem, então, explicou a seus filhos que todos eles estavam certos, porque eles haviam visto apenas uma estação da vida da árvore…
Ele falou que não se pode julgar uma árvore, ou uma pessoa, por apenas uma estação, e que a essência de quem eles são e o prazer, a alegria e o amor que vêm daquela vida, podem apenas ser medidos ao final, quando todas as estações estiverem completas.
Se você desistir quando for Inverno, você perderá a promessa da Primavera, a beleza do Verão, a expectativa do Outono.
Não permita que a dor de uma estação destrua a alegria de todas as outras. Não julgue a vida apenas por uma estação difícil.


quarta-feira, 29 de julho de 2015

Palavras



Karma não é algo complicado ou filosófico.
Karma significa observar seu corpo,observar sua boca e observar sua mente.
Tentar manter estas três portas tão puras quanto possível é a prática do karma.
(Lama Thubten Yeshe)

Para o bem de todos



O centro e a periferia, tal como o cume e a base, são os dois polos entre os quais nós oscilamos continuamente. 
A periferia e a base representam todas as solicitações da nossa natureza inferior, que nos fazem abandonar o nosso lugar no centro, ou no cume, pois é a partir do centro, ou do cume, que nós não só dominamos a nossa própria existência, mas também podemos assumir corretamente as nossas responsabilidades para com os seres.
Cada homem e cada mulher que tem deveres enquanto pai, professor, educador, chefe de empresa, magistrado, responsável político, etc., deve procurar esse centro, ou esse cume, de onde será capaz de manifestar uma igual atenção, uma igual benevolência em relação a todos. 

Para contribuir para o bem daqueles que nos rodeiam e de toda a humanidade, há que conseguir encontrar esse ponto de vista que nos coloca acima dos preconceitos e dos juízos a priori. 
Meditando sobre o sol, nós aproximamo-nos desse ponto de vista. Porque está no centro e permanece no centro, o sol mantém todo um mundo em equilíbrio e os planetas gravitam harmoniosamente à sua volta.

(Omraam Mikhaël Aïvanhov)

Sabedoria oculta



A miséria abre a alma para uma luz que a prosperidade não vê, reza uma frase sábia que muitos experimentaram como certa. Perder em um nível pode ser ganhar em outro. 
Quando a vida  golpeia as pessoas com problemas terríveis, as vezes abre uma janela para uma realidade transpessoal; a compreensão de que somos guiados por uma vontade maior, dá uma confiança renovada. 
Através do não desejado se manifesta uma sabedoria oculta.
(Joan Garriga)