segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Coisas d'alma










As maiores batalhas da vida são travadas, diariamente,
nos silenciosos compartimentos da alma.
(David O. Mckay)

A coragem do guerreiro

O guerreiro da luz conhece o valor da persistência e da  coragem. Muitas vezes, durante o combate, ele recebe golpes que não estava esperando.
Sabe que – durante a guerra -  o  inimigo vencerá  algumas batalhas. Quando isto acontece, ele chora suas mágoas, e descansa para recuperar a energia. Mas imediatamente volta a lutar por seus sonhos.
Porque, quanto mais tempo permanecer afastado, maiores são as chances de sentir-se fraco, medroso, intimidado. 
Quando um cavaleiro cai do cavalo e não torna a montá-lo no minuto seguinte, jamais terá coragem de fazê-lo novamente.
(Paulo Coelho)


Luz da semana



Arcanjo Miguel, que trabalhais para o resplendor da verdade, peço que sua proteção permaneça comigo.
Eu a receberei como um privilégio, sempre respeitando e recebendo-a de maneira verdadeira.
Permita que caminhe sempre com dignidade, afaste de mim os pensamentos opostos à luz, faça de mim um amigo, que sempre compreende e nunca julga.
Peço, Amado Arcanjo Miguel, que ajude a vencer as energias de oposição à luz, nas formas materiais e espirituais, conscientes ou inconscientes. Peço para que as expulse, pois a minha verdade é a sua verdade, a verdade divina. 
Permita, Arcanjo Miguel, que através da imposição da sua espada, possa conferir-me a proteção que necessito. 
Afaste de mim tudo o que esteja me desviando do plano divino para minha vida.
Peço também para curar todas as enfermidades físicas e espirituais no meu corpo. Meu coração está ligado a sua energia que é a minha verdade.
Faça de mim um mensageiro fiel da suprema verdade de Deus.
Salve amado Arcanjo Miguel!
Amém!

sábado, 27 de setembro de 2014

Coisas d'alma



Toda Tua força é ternura
Toda Tua garra é mansidão
Toda Tua presença é amor
Dou graças
Reverencio
Caminho
Respiro
Teu o toque da alegria
Tua a imensidão de amar em paz

(Kwothinye)

Entre aspas









Se realmente entendemos o problema, a resposta virá dele, porque a resposta não está separada do problema.
(Krishnamurti)