terça-feira, 23 de agosto de 2016

Palavras



A lei de ouro do comportamento é a tolerância mútua.
Já que nunca pensaremos todos da mesma maneira, já que nunca veremos senão uma parte da verdade e sob ângulos diversos.

(Mahatma Gandhi)

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Luz da semana









A felicidade não está na periferia da tua vida. 
Está no centro do teu ser.
(Huberto Rohden)

sábado, 20 de agosto de 2016

Porque hoje é sábado



Quem de nós tem a coragem
de aceitar a sua imagem,
aquela imagem sem graça,
sem rasgos, imagem baça
que o espelho teima em refletir?
Quem de nós tem a ousadia,
no viver do dia a dia,
de retirar a mordaça
gritando ao vento que passa
o seu interno sentir?
Quem deixa cair a máscara?
Fantasia construída
de cada um para si.
Máscara de rei, de profeta,
de intelectual, de poeta,
de homem muito importante
que não esquece a cada instante
o gesto, o sorrir conveniente,
a venia subserviente,
que nunca o desmascara.
Quem deixa cair a máscara?
(Helena Guimarães)

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Pensamentos daqui e dali



Simplicidade, simplicidade, simplicidade! Tenha dois ou três afazeres e não cem ou mil; em vez de um milhão, conte meia dúzia…
No meio desse mar agitado da vida civilizada há tantas nuvens, tempestades, areias movediças e mil e um itens a considerar, que o ser humano tem que se orientar – se ele não afundar e definitivamente acabar não fazendo sua parte – por uma técnica simples de previsão, além de ser um grande calculista para ter sucesso.
Simplifique, simplifique.
(Henry David Thoreau)

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Contando um conto



Um dia morreu o guardião de um mosteiro Zen.
Para descobrir quem seria a nova sentinela, o mestre convocou os discípulos e disse:
- O primeiro que conseguir resolver o problema que eu vou apresentar assumirá o posto.
Então, numa mesa que estava no centro da sala, colocou um vaso de porcelana muito raro, com uma rosa amarela de extraordinária beleza. E disse apenas: - Aqui está o problema!
Todos ficaram olhando a cena: o vaso belíssimo, de valor inestimável, com a maravilhosa flor ao centro! O que representaria? O que fazer? Qual o enigma? De repente um dos discípulos saca da espada, olha para o mestre, dirigi-se para o centro da sala e... zazzz! Com um só golpe destruiu tudo.
 - Você é o novo guardião!. Não importa que o problema seja algo lindíssimo.
Se for um problema, precisa ser eliminado.

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

A forma da felicidade



Nossas noções sobre a felicidade nos aprisionam. Esquecemos que elas são apenas ideias. A nossa ideia de felicidade pode nos impedir de ser realmente feliz. Nós não vemos a oportunidade de alegria que está bem na frente de nós, quando estamos presos em uma crença de que a felicidade deve assumir uma forma particular.
(Thich Nhat Hanh)