sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Coisas que você deve começar a fazer para si mesmo (Comece a aceitar as coisas quando elas não são perfeitas)



Lembre-se, “perfeito” é o inimigo do “bom”. Um dos maiores desafios para as pessoas que querem melhorar a si mesmas e melhorar o mundo é aprender a aceitar as coisas como elas são. Às vezes é melhor aceitar e apreciar o mundo como ele é, e as pessoas como elas são, em vez de tentar fazer com que tudo e todos estejam em conformidade com um ideal impossível. 
Não, você não deve aceitar uma vida medíocre, mas deve aprender a amar e valorizar as coisas até mesmo quando elas não são perfeitas.
(Marc e Angel)

Pensamentos daqui e dali



Bruxa é uma mulher que se permitiu ouvir a voz interior. Que deu vazão à sensibilidade natural, percebendo que a vida é muito mais que esperar a morte.

(Laurie Cabot)

Brincadeira



Um dos maiores segredos da vida é encará-la como uma brincadeira. 
Para os indivíduos excessivamente sérios, sisudos, aos quais foi ensinado que brincar é coisa de gente maluca, na qual não se pode confiar, esta afirmação pode parecer absurda.
Não levar a vida a sério é um ótimo exercício para se abandonar de vez a pretensão de querer ser perfeito, superior. Quando relaxamos em nosso próprio coração e nos entregamos à simplicidade do ato de existir, a pressão exercida sobre nós pelo restante do mundo, automaticamente desaparece.
Nosso coração pode, então, bater tranquilo, alegre e sereno, pois deixamos de ser nossos próprios juízes e capatazes e, de quebra, paramos de nos importar com o julgamento alheio.
Os grandes mestres Zen se comportam como perfeitas crianças, são engraçados, inocentes e brincalhões. Vivem a vida como uma eterna brincadeira, na qual aprender se torna algo prazeroso e descontraído.
É claro que existem situações em que a seriedade precisa estar presente, mas somente em alguns momentos críticos é que nosso eu sério deve entrar em ação. Quando mais livremente expressarmos nossa tristeza, reconhecendo-a como legítima em algumas circunstâncias, mais facilmente conseguiremos nos libertar dessa energia, ao invés de permanecer para sempre sintonizados com ela.
O seu polo oposto, a alegria, surgirá naturalmente, sem que precisemos fazer qualquer esforço nesse sentido. O importante é que não nos deixemos apegar demais à postura de vitimas do destino, nem aceitemos passivamente a miséria interior como uma condição natural.
No livro O segredo, um dos mestres relata uma experiência realizada com doentes, para os quais foi recomendado que assistissem, diariamente, programas de comédia. O resultado é que eles se recuperaram muito mais facilmente de suas patologias. O que vem provar a eficácia do riso e da alegria para o reencontro do equilíbrio no ser humano.
Permitir-se voltar espiritualmente à infância, é uma das terapias mais eficazes que uma pessoa pode oferecer a si mesma, quando perceber que está enxergando a realidade de modo excessivamente sério.


(Elisabeth Cavalcante)

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Coisas que você deve começar a fazer para si mesmo (Comece a perceber a beleza dos pequenos momentos)



Em vez de esperar que grandes coisas aconteçam – casamento, filhos, grande promoção, ganhar na loteria – encontre a felicidade nas pequenas coisas que acontecem todos os dias. 
Pequenas coisas, como tomar tranquilamente uma xícara de café no início da manhã, ou o delicioso cheiro e sabor de uma refeição caseira, ou o prazer de compartilhar algo que você gosta com outra pessoa ou ficar de mãos dadas com o seu parceiro. 
Perceber esses pequenos prazeres diariamente faz uma grande diferença na qualidade de sua vida.
(Marc e Angel)

Entre aspas








Espera do teu filho o mesmo que fizeste a teu pai.
(Tales de Mileto)


Contando um conto


Certa vez, no deserto, fui procurado por um jovem de feições claras, voz mansa e um coração nobre.
Perguntou–me se podia me seguir e aprender com a minha experiência. Sorri para ele, traduzindo as boas- vindas. 

Peregrinamos e trabalhando juntos, especialmente fazendo curas através de plantas medicinais, imposição das mãos e de aconselhamento. A cada dia ele mostrava-se mais independente e eu, então, lhe disse:  a fonte da sabedoria está transbordando sempre para todos. Ela é o nosso mestre e nós somos a cálice.
Esteja sempre vazio e humilde diante dela e saciarás a sede, sempre que for preciso.
Depois de algum tempo ele se foi, para caminhar sozinho. 

Os anos foram passando e,num certo dia, o encontrei numa tribo de nômades. Estava enfraquecido, doente. Ao me ver ficou muito alegre, embora não escondesse sua vergonha de estar como estava. E contou sua história.
Seu trabalho de cura, depois de algum tempo, não deu certo e ele não sabia o motivo. 

Olhei- o terno e profundamente e lhe disse: irmão amado, retomas novamente o seu caminho na cura, volta a beber da fonte da sabedoria, mas dessa vez não cometas o erro que cometeste. Tens o talento, o amor, a sensibilidade e a sede de saber, mas esquecestes de agradecer ao universo o que recebias. Lembre-se, filho amado, o cálice te pertence,mas a fonte pertence a todos nós.
Quando beber da sabedoria infinita e saciar a tua sede de saber, devolve ao universo o que retiraste dela em forma de gratidão.
Ele olhou para mim e o seu olhar queria saber porque eu não o havia alertado antes sobre a importância da gratidão na vida de todos nós.
Nem esperei o balbuciar das suas palavras e lhe disse: em verdades eu te digo, a gratidão não pode ser ensinada e nem ao menos sugerida. Ela deve ser vivenciada como prática viva daqueles que carregam a humildade no seu coração.
Ele me abraçou e me agradeceu por eu ter sido a ponte para que ele reencontrasse novamente a Fonte e dela pudesse novamente beber.


quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Coisas que você deve começar a fazer para si mesmo (Comece a ficar atento ao seu nível de estresse e faça pausas curtas)



Vá mais devagar. Respire. Dê a você mesmo permissão para fazer uma pausa, reagrupar e avançar com clareza e propósito. 
Quando você estiver muito ocupado, um breve recesso pode rejuvenescer a sua mente e aumentar a sua produtividade. Estas pausas curtas vão ajudá-lo a recuperar sua sanidade e refletir sobre suas ações recentes, assim você pode ter certeza que elas estão alinhadas com seus objetivos.
(Marc e Angel)