domingo, 30 de novembro de 2014

Entre aspas









Quando uma pessoa faz você sofrer,é porque ela sofre profundamente dentro dela,
e o sofrimento dela está vazando e se espalhando.
Ore por ela.
(Thich Nhat Hanh)

Para aquecer o coração

sábado, 29 de novembro de 2014

Porque hoje é sábado



Agora que sinto amor
Tenho interesse no que cheira.
Nunca antes me interessou que uma flor tivesse cheiro.
Agora sinto o perfume das flores como se visse uma coisa nova.
Sei bem que elas cheiravam, como sei que existia.
São coisas que se sabem por fora.
Mas agora sei com a respiração da parte de trás da cabeça.
Hoje as flores sabem-me bem num paladar que se cheira.
Hoje às vezes acordo e cheiro antes de ver.
(Alberto Caeiro)

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Pensamentos daqui e dali



Simplicidade é um conceito que nos remete ao estado mais puro da realidade. A semente é simples porque não se perde na tentativa de ser outra coisa. É o que é. Não desperdiça seu tempo querendo ser flor antes da hora. Cumpre o ritual de existir, compreendendo-se em cada etapa.

(Pe. Fabio de Melo)

O tempo certo



De uma coisa podemos ter certeza: de nada adianta querer apressar as coisas; tudo vem ao seu tempo, dentro do prazo que lhe foi previsto.
Mas a natureza humana não é muito paciente.
Temos pressa em tudo e aí acontecem os atropelos do destino, aquela situação que você mesmo provoca, por pura ansiedade de não aguardar o tempo certo.
Mas alguém poderia dizer: qual é esse tempo certo?
Bom, basta observar os sinais. Quando alguma coisa está para acontecer ou chegar até sua vida, pequenas manifestações do cotidiano enviarão sinais indicando o caminho certo. Pode ser a palavra de um amigo, um texto lido, uma observação qualquer.
Mas, com certeza, o sincronismo se encarregará de colocar você no lugar certo, na hora certa, no momento certo, diante da situação ou da pessoa certa.
Basta você acreditar que nada acontece por acaso.
Talvez seja por isso que você esteja agora lendo estas linhas.
Tente observar melhor o que está a sua volta.
Com certeza alguns desses sinais já estão por perto e você nem os notou ainda. 
Lembre-se, que o universo sempre conspira a seu favor quando você possui um objetivo claro e uma disponibilidade de crescimento.
(Paulo Coelho)

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Entre aspas











Não tenho certeza de nada, 
mas a visão das estrelas me faz sonhar.

 (Van Gogh)

Contando um conto


Um monge e seus discípulos iam por uma estrada e, quando passavam por uma ponte, viram um escorpião sendo arrastado pelas águas. O monge correu pela margem do rio, meteu-se na água e tomou o bichinho na mão. Quando o trazia para fora do rio o escorpião o picou. Devido à dor, o monge deixou-o cair novamente no rio. Foi então à margem, pegou um ramo de árvore, voltou outra vez a correr pela margem, entrou no rio, resgatou o escorpião e o salvou. 
Em seguida, juntou-se aos seus discípulos na estrada. Eles haviam assistido à cena e o receberam perplexos e penalizados.
— Mestre, o Senhor deve estar muito doente! Por que foi salvar esse bicho ruim e venenoso? Que se afogasse! Seria um a menos! Veja como ele respondeu à sua ajuda: picou a mão que o salvava! Não merecia sua compaixão!
O monge ouviu tranquilamente os comentários e respondeu: — Ele agiu conforme sua natureza e eu de acordo com a minha.

Este conto nos faz refletir a forma de melhor compreender e aceitar as pessoas com que nos relacionamos. Não podemos e nem temos o direito de mudar o outro, mas podemos melhorar nossas próprias reações e atitudes, sabendo que cada um dá o que tem e o que pode. Devemos fazer a nossa parte com muito amor e compaixão ao próximo. Cada qual conforme sua natureza, e não conforme a do outro.



quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Degraus




Tal qual cada flor fenece
e toda juventude cede à idade,
floresce cada patamar da vida.
Toda sabedoria e toda virtude
também florescem a seu tempo
e não devem durar eternamente.
O coração precisa estar, em cada patamar da vida,
predisposto à despedida e a novo início
para, na coragem e sem pesar,
entregar-se a novas ligações.
E em todo começo reside uma magia
que nos protege e nos ajuda a viver.
Temos de transpor, dispostos, espaço a espaço
e a nenhum nos apegar como a uma pátria.
O Espírito Universal não nos quer prender e limitar:
quer erguer-nos degrau a degrau, quer nos ampliar.
Mal nos habituamos a um ambiente,
sentindo-o familiar, ameaça a acomodar-nos.
Só quem esteja pronto a partir e viajar
talvez escape do hábito paralisante.
Talvez ainda a hora da morte
nos envie, jovens, a novos espaços;
o apelo da vida a nós jamais há de findar.
Vamos lá, meu coração: despede-te e convalesce.
(Hermann Hesse)

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Coisas d'alma






Mesmo na dor, mesmo na perda, há sempre uma nova partida.
Que os méritos de nossas práticas se estendam a todos os seres e que possamos todos e todas nos tornarmos o Caminho Iluminado.

Mãos em prece _/\_

(Monja Coen)

Tudo está (inter)ligado

Se puder cultivar cinco minutos de silêncio no seu dia você já estará obtendo uma grande vitória sobre a matéria. A matéria, assim como o corpo e a mente devem estar a serviço do espírito. Toda miséria que vemos e experenciamos é porque ocorre justamente o contrário. A mente se tornou a dona da casa, mas ela é somente um veículo, um lugar de peregrinação. Por ela passa o Eu divino, mas também eu inferior, que se manifesta na forma de pensamentos destrutivos, que fazem você acreditar ser isolado - inferior ou superior. Essas vozes agem através da mente criando uma nuvem escura que te impede de sentir o vento e a dança das folhas, e compreender que tudo é uma coisa só: estamos ligados por um fio invisível que une tudo e todos.
(Sri Prem Baba)


segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Palavras



Você não precisa fazer nada para ser o que é, mas precisa fazer algo para deixar de ser o que não é. E esse algo não é uma ginástica espiritual intensa, mas apenas a disponibilidade e disciplina de olhar para dentro e investigar o que é o eu, o mim, sempre que esse fantasma estiver presente.
(Mooji)

Luz da semana



Circunstâncias são como objetos. Elas não são vivas, você é que dá vida a elas. 
O positivo é mais poderoso do que o negativo. O positivo é inato. O negativo indica que algo está faltando. 
Luz existe e sua ausência é a escuridão. 
Nunca esqueça que você pode decidir que atitude tomar. Você tem um imenso potencial positivo a ser descoberto. 
Esses pensamentos lhe ajudarão a enfrentar qualquer circunstância com uma perspectiva diferente.
(BK)

domingo, 23 de novembro de 2014

Pensamentos daqui e dali



Mas para que tanto sofrimento,
se nos céus há o lento
deslizar da noite?
Mas para que tanto sofrimento,
se lá fora o vento
é um canto da noite?
Mas para que tanto sofrimento,
se agora, ao relento.
cheira a flor da noite?
Mas para que tanto sofrimento,
se meu pensamento
é livre na noite?
(Manuel Bandeira)

Para aquecer o coração

sábado, 22 de novembro de 2014

Porque hoje é sábado



Não serei o poeta de um mundo caduco.
Também não cantarei o mundo futuro.
Estou preso à vida e olho meus companheiros.
Estão taciturnos mas nutrem grandes esperanças.
Entre eles, considero a enorme realidade.
O presente é tão grande, não nos afastemos.
Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas.

Não serei o cantor de uma mulher, de uma história,
não direi os suspiros ao anoitecer, a paisagem vista da janela,
não distribuirei entorpecentes ou cartas de suicida,
não fugirei para as ilhas nem serei raptado por serafins.
O tempo é a minha matéria, o tempo presente, os homens presentes,
a vida presente.

( Carlos Drummond de Andrade )

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Palavras







Quando eu desprendo o que eu sou, me torno o que poderia ser. Quando eu desprendo o que eu tenho, eu recebo o que  preciso.
(John Heider)

A verdade



Todas as aparências são impermanentes e podem, portanto, ser descartadas, enquanto que o seu verdadeiro Ser, como pura consciência, é eternamente presente e imutável.
Você pode continuar removendo, varrendo, descartando as aparências até que nada reste para remover e até mesmo o próprio conceito de remoção em si desaparece.
Por fim, mesmo o conceito de um “removedor ‘se dissolve e você vê Aquilo que está além de todas as noções permanece eternamente presente.
Aquilo, a consciência imutável, é o seu Ser.
Isto é a Verdade.

(Mooji)

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Pensamentos daqui e dali




Se sua cabeça, seu coração e corpo estão em sintonia, encontrar seu Ser será a coisa mais fácil do mundo. Sem dúvida havendo conflito entre instinto, intelecto e a intuição segue desperdiçando toda sua vida.

A pessoa sábia é aquela que gera uma harmonia entre a cabeça, o coração e o corpo. Esta harmonia leva a revelação da fonte da própria vida, ao centro, a alma.

(Osho)

Coisas d'alma




Vem a noite aos poucos, alumiar o rancho,
Com estrelas frias, que se vão depois.
Nada é mais triste, neste mundo louco,
Que matear com a ausência, de quem já se foi...

Contando um conto



Buda estava viajando através de uma floresta. O dia estava quente. Era exatamente meio-dia e ele sentiu sede; assim, disse para seu discípulo Ananda: Volte. No caminho, nós atravessamos um pequeno riacho. Volte lá e traga um pouco d’água para mim.
Ananda voltou, mas o riacho era muito pequeno e algumas carroças estavam atravessando-o. A água estava agitada e tinha ficado suja. Toda a sujeira que estava assentada nele tinha vindo para cima e a água não era potável agora. 
Assim, Ananda pensou: Eu tenho que voltar. Ele voltou e disse para Buda:
Aquela água se tornou absolutamente suja e não está boa para se beber. Permita-me ir à frente. Eu sei que existe um rio a apenas alguns quilômetros de distância daqui. Eu irei e buscarei água para você.
Buda disse: Não! Volte ao mesmo riacho. Como Buda tinha dito isto, Ananda tinha que seguir a ordem. Mas ele a seguiu sem entusiasmo, pois sabia que aquela água não podia ser trazida. E tempo estava sendo desnecessariamente perdido! E ele estava com sede, mas como Buda disse para ir, ele tinha que ir.
Novamente ele retornou e disse: Por que você insiste? A água não está potável.
Buda disse: Vá novamente. E como Buda havia dito para voltar, Ananda teve que ir.
A terceira vez que ele chegou no riacho, a água estava tão clara quanto ela sempre esteve. A sujeira tinha ido embora, as folhas mortas tinham ido embora e a água estava pura novamente. Então Ananda riu. Ele trouxe a água e veio dançando. 
Ele caiu aos pés de Buda e disse: Seus meios de ensinar são miraculosos. Você me ensinou uma grande lição - que apenas a paciência é necessária e que nada é permanente.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Entre aspas








Há momentos em que tudo o que a gente precisa é dar colo para o próprio coração.
(Ana Jácomo)

O eterno agora

Toda a felicidade e realização que os seres humanos anseiam existe no momento presente.
No agora, o tempo para de existir e nós experimentamos uma presença que é toda absorvente, completamente em paz, e totalmente satisfatória.
Nada pode estar mais próximo do que o presente, no entanto, nada nos escapa mais rápido.
Em um instante a nossa mente nos leva para longe em memórias do passado ou fantasias sobre o futuro.
Ou nós podemos nos perceber em uma corrida contra o relógio, sentindo como se nunca existisse tempo suficiente.
Nós dizemos coisas como “O tempo está voando”, “O tempo está se acabando”, ou “Nunca existem horas suficientes em um dia.”
De algum modo nós nos esquecemos que escolhemos se queremos que o tempo seja nosso inimigo ou um aliado. Nós podemos mudar de uma percepção presa ao tempo para uma percepção atemporal para o êxtase que somente pode ser encontrado no momento presente.
Se você quer ter todo o tempo do mundo, você pode treinar a si mesmo através das seguintes práticas simples:
Pratique o prestar atenção.
Durante o seu dia, quando notar que seus pensamentos se dispersaram, volte para onde você está. Instantaneamente você verá porque se distraiu, seja porque estava entediado, ansioso, vivendo no passado, ou antecipando o futuro.
Não julgue a si mesmo; simplesmente retorne sua atenção para o que está na sua frente nesse momento.
Sinta as sensações do seu corpo.
Enquanto que a mente vive no passado e no futuro, o corpo vive no agora. Conectar-se aos sentimentos do seu corpo faz com que você retorne à consciência do momento presente.
Os nossos pensamentos estão sempre nos puxando para o futuro ou para o passado, para longe do presente.
Porém é no momento presente que nós encontramos o Espírito, o nosso ser essencial e a força que anima toda a vida.
Ao se conectar com o presente nós voltamos a nossa atenção para dentro, para longe de todo o caos e atividade e experimentamos a nossa eterna e ilimitada natureza.
(Deepak Chopra)


terça-feira, 18 de novembro de 2014

Coisas d'alma






Nesse mundo de plástico e de ruído quero ser de barro e de silencio.
(Eduardo Galeano)

Decretado fica



Artigo 1

Fica decretado que agora vale a verdade,
que agora vale a vida,
e que de mãos dadas,
trabalharemos todos pela vida verdadeira.

Artigo 2

Fica decretado que todos os dias da semana,
inclusive as terças-feiras mais cinzentas,
têm direito a converter-se em manhãs de domingo

Artigo 3

Fica decretado que, a partir deste instante,
haverá girassóis em todas as janelas,
que os girassóis terão direito
a abrir-se dentro da sombra;
e que as janelas devem permanecer, o dia inteiro,
abertas para o verde onde cresça a esperança.

Artigo 4

Fica decretado que o homem
não precisará nunca mais
duvidar do homem.
Que o homem confiará no homem
como a palmeira confia no vento,
como vento confia no ar,
como o ar confia no campo azul do céu.

Parágrafo

O homem confiará no homem
como um menino confia em outro menino.

Artigo 5

Fica decretado que os homens
estão livres do jugo da menina.
Nunca mais será preciso usar
a couraça do silêncio
nem a armadura das palavras.
O homem se sentará à mesa
com seu olhar limpo
porque a verdade passará a ser servida
antes da sobremesa.

Artigo 6

Fica estabelecida, durante dez séculos,
a prática sonhada pelo profeta Isaías,
e o lobo e o cordeiro pastarão juntos
e a comida de ambos terá o mesmo gosto da aurora.

Artigo 7

Por decreto irrevogável fica estabelecido
o reinado permanente da justiça e da caridade,
e a alegria será uma bandeira generosa
para sempre desfraldada na alma do povo.

Artigo 8

Fica decretado que a maior dor
sempre foi e será sempre
não poder dar-se amor a quem se ama
e saber que é a água
que dá à planta o milagre da flor.

Artigo 9

Fica permitido que o pão de cada dia
tenha no homem o sinal de seu amor,
mas que sobretudo tenha sempre
o quente sabor da ternura.

Artigo 10

Fica permitido a qualquer pessoa,
a qualquer hora da vida
o uso de traje branco.

Artigo 11

Fica decretado por definição, que o homem é um
animal que ama e que por isso é belo,
muito mais belo que a estrela da manhã.

Artigo 12

Decreta-se que nada será obrigado nem proibido.
Tudo será permitido,
inclusive brincar com os rinocerontes
e caminhar pelas tardes
com uma imensa begônia na lapela.

Parágrafo

Só uma coisa proibida:
amar sem amor.

Artigo 13

Fica decretado que o dinheiro
não poderá nunca mais comprar
o sol das manhãs vindouras.
Expulso do grande baú do medo,
o dinheiro se transformará em uma espada fraternal
para defender o direito de cantar
e a festa do dia que chegou.

Artigo Final

Fica proibido o uso da palavra liberdade,
a qual será suprimida dos dicionários
e do pântano enganoso das bocas.
A partir deste instante,
a liberdade será algo vivo e transparente
como um fogo ou um rio,
ou como a semente do trigo
e a sua morada será sempre
o coração do homem.

(Thiago de Mello)